BNDES volta a financiar software e serviços de TI com BNDES 10

Com nova roupagem e rebatizado de BNDES 10, a iniciativa está prevista para ser lançada até o final deste ano. O Prosoft, financiou a compra de software e serviços no Brasil e funcionou por 20 anos até ser suspenso em 2016 pela instituição.
Aos empresários de TICs, Rivera sinalizou que o BNDES 10 voltará a conceder crédito para as empresas com faturamento entre R$ 1 milhão e R$ 10 milhões. Promete ainda que a iniciativa será rápida. “Até então os projetos levavam até nove meses para a aprovação, uma vez que o modelo usado para conceder R$ 5 bilhões para uma grande empresa era adotado para as pequenas e médias empresas. Agora a ideia é fechar o ciclo em até três meses numa primeira etapa e até reduzir esse prazo com o uso de tecnologia”, contou o executivo do BNDES.
Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, Ricardo Rivera diz que o BNDES decidiu retomar o financiamento porque os bancos tradicionais têm uma política não adequada para quem trabalha com a economia do conhecimento. “O BNDES 10 é para educação, para TICs, para saúde. São segmentos que têm grande dificuldade de obter crédito tradicional”.
Fonte: Convergência Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *