Com nova sede, IQA está pronto para o Rota 2030

Instituto da Qualidade Automotiva (IQA) passa a operar em uma nova sede na zona sul da cidade de São Paulo. O prédio tem quatro andares, área total de 1,4 mil metros quadrados e quatro salas de treinamento. Com as novas instalações, o instituto ganhou um espaço dedicado a startups e triplicou a capacidade atual de formação.

“Vamos passar das atuais 4 mil para 12 mil pessoas treinadas por ano até 2023”, afirma o superintendente do IQA, Alexandre Xavier. A ampliação ocorre num momento oportuno, em razão de novas demandas geradas pelo Rota 2030. Para o Rota o IQA criou o Horizonte 2030.

“A indústria está se transformando e esses desafios nos trazem várias oportunidades. Teremos em breve novas equipes dedicadas a esse tema”, afirma Xavier.

Os cursos realizados pelo IQA têm preço médio de R$ 1.000 e em regra 24 horas (três dias) de duração. Um dos principais atualmente é o EQF (Especialista em Qualidade de Fornecimento). Entre os novos cursos Xavier cita o TIC (Testes, Inspeção e Certificação).

Os principais clientes do IQA são montadoras, fabricantes de autopeças e fornecedores de insumos como aço, plásticos e borrachas. O IQA também atua no setor de logística, com curso para interpretação de normas e formação de inspetores. Para o início de 2020 o instituto promete um guia exclusivo de boas práticas em logística. Além da sede, o IQA tem um laboratório em Sorocaba (SP).

O instituto é um organismo de certificação especializado no setor da mobilidade. Atua como parceiro de órgãos internacionais e é acreditado pela Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE) do Inmetro. Recentemente, o IQA assinou compromisso com os Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs, da sigla em inglês), desenvolvidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) para orientar práticas que promovam a igualdade entre homens e mulheres.

Fonte: Automotive Business

WhatsApp Estamos no Whatsapp - 11 99999-5305