Governo lista 11 temas para incentivos em nanotecnologia

Uma portaria (3.459/19) do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações pulicada nesta quinta, 8/8, institui uma ‘Iniciativa Brasileira de Nanotecnologia’ como política nacional. O foco, justifica, é a “promoção da inovação na indústria brasileira e no desenvolvimento econômico e social”.

Para tanto, o governo lista 11 ramos como aqueles “priorizados” no âmbito da iniciativa. São eles:  

I – nanomateriais e nanocompósitos;

II – nanossensores e nanodispositivos;

III – nanomateriais de base biológica;

IV – nanofármacos e nanomedicina;

V – nanossegurança;

VI – saúde;

VII – meio ambiente;

VIII – agronegócio e alimentos;

IX – energia;

X – defesa e segurança nacional; e,

XI – mobilidade e infraestrutura urbana.

Por meio de agências de fomento como CNPq, Finep, Embrapii e do Sistema Nacional de Laboratórios em Tecnologias (SisNano), a política arrola como fontes de recursos aqueles relacionados à Lei do Bem (11.196/05), Lei de Informática (8.248/91), Rota 2030 (Lei 13.755/18) e dos Fundos Setoriais do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT).

Segue o link da PORTARIA Nº 3.459,

Fonte: Convergência Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato