Hub de inovação para startups é inaugurado em São Paulo

Anunciado no final de janeiro, o La Fabrique é uma iniciativa criada por empresas francesas para estabelecer conexões com startups que possam escalar iniciativas inovadoras dentro de seus negócios. Conduzido por BNP ParibasCarrefour, Edenred Ingenico, o projeto realizou sua inauguração oficial na sexta, dia 14.

Localizado dentro do State (hub de inovação localizado na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo, o La Fabrique ficará dentro de um espaço de 1 mil metros quadrados e terá 122 posições, divididas pelas quatro empresas. Cada uma das marcas contará com um squad e área compartilhada, para fomentar a troca de ideias pelas startups convidadas.

Durante o evento de abertura para a imprensa, estiveram presentes Sandrine Ferdane (presidente do BNP Paribas Brasil), Stephane Engelhard (vice-presidente de Assuntos Institucionais do Grupo Carrefour), Gilles Coccoli (COO da Edenred) e Helcio Beninatto (CEO da Ingenico). Entre os líderes, o objetivo é o mesmo: utilizar o espaço para fomentar inovação.

Parceiras são o foco

“A concretização do projeto é fundamental para que as quatro empresas investidoras possam fomentar o ecossistema, apoiar as startups e construir parcerias de negócio a fim de se reinventarem e manter o protagonismo da atuação global”, afirma Gilles Coccoli, COO da Edenred. Segundo o executivo, as conversas para viabilizar o La Fabrique levaram mais de dois anos.

Beninatto, da Ingenico, também acredita que os negócios hospedados no La Frabrique poderão auxiliar a empresa a se manter competitiva dentro do mercado de meios de pagamento. Não é investir em startups, mas trazer problemas reais e encontrar soluções para esses desafios”, afirma. Vale lembrar que, recentemente, a empresa foi vendida para a Worldline.

“Quando você realiza parcerias você ganha velocidade”, afirma Engelhard, do Carrefour. O executivo dá como exemplo a parceria que a rede possui com o app de entregas Rappi, que permite aos clientes receber em casa produtos da comercializados na sua empresa. “Construir uma infraestrutura desse porte internamente seria quase impossível”, afirma.

Já Ferdane, no BNP Paribas, explicou que deseja trabalhar com empresas cujos produtos ou serviços envolvam alguma das oportunidades de negócios do grupo: gestão de frotas, varejo, seguros e finanças institucionais.  O trabalho de busca por essas marcas, informou a executiva, foi realizado anteriormente via mapeamento feito pela Endevour.

O State, local que receberá as multinacionais, foi um espaço construído usando como referência complexos de inovação como os existentes na França (Station F), FActory (Alemanha) e La Nave (Espanha). Atualmente, o espaço conta com 7 mil metros quadrados, mas está em obras de expansão: até o final de 2020, o objetivo é alcançar 13 mil metros quadrados.

Fonte: ComputerWorld

WhatsApp Estamos no Whatsapp - 11 99999-5305