ICI é qualificado para programa de inteligência artificial da Softex

Neste início de junho, a Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), no âmbito do convênio realizado com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações (MCTI), divulgou o resultado final dos grupos de aceleradoras e ICTs credenciados ao programa IA² MCTI. O Instituto das Cidades Inteligentes (ICI) foi qualificado como ICT para participar do processo, em conjunto com a aceleradora Wasglobal Promoções e Eventos Ltda. (OBr.global), PUCPR Campus Curitiba, Associação Sul Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software (Softsul) e o Instituto de Tecnologia para o Desenvolvimento (Lactec). No cenário nacional, foram mais 12 grupos qualificados.

O IA² MCTI é um programa de inovação cujo objetivo principal é a aceleração tecnológica de projetos de pesquisa e desenvolvimento de soluções com o uso de inteligência artificial no valor de até R$ 500 mil, nas áreas prioritárias de agronegócio, saúde, indústria e cidades inteligentes. Visa também ampliar a interação e conexão entre os atores participantes do ecossistema de inovação, além de aumentar a competitividade e a internacionalização de tecnologias brasileiras.

“Estamos muito felizes com essa qualificação, pois já atuamos com a pesquisa e implantação de novas tecnologias nos serviços oferecidos aos órgãos públicos”, comenta o diretor-presidente do ICI, Fabrício Zanini. “Atuar em conjunto com aceleradoras e outras empresas nos trará uma visão mais ampla dos modelos de negócios que envolvem pesquisa, desenvolvimento e inovação. Com certeza, o resultado para os clientes e, finalmente, a população, será muito positivo”, acredita.

Após essa qualificação, o programa da Softex segue com as fases de pré-aceleração, desenvolvimento e investimento, investimento e abertura de mercado. Cabe ao ICI, junto a seu grupo de trabalho, oferecer ambiente, infraestrutura e todo seu know how em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação. 

Fonte: ICI

WhatsApp chat