Lei de Informática: Brasil industrial precisa estar pronto para a Internet das Coisas

O executivo, que participou de Seminário sobre Lei de Informática, no Rio Info 2017, ainda observa que dos 850 mil trabalhadores de TICs, apenas 100 mil estão na planta fabril.
“Esse número é baixo e precisamos aumentá-lo para ganhar maior produtividade global”, observa Gallindo.
Segundo ainda o presidente executivo da Brasscom, a Lei de Informática foi uma política pública que gerou efeitos positivos para o Brasil, principalmente porque fomentou a criação de vários ecossistemas de pesquisa e desenvolvimento.
A revisão da legislação – imposta pela condenação da Organização Mundial do Comércio – precisa levar em conta a segurança jurídica de quem já investiu no País.
“O Brasil não pode apagar a luz e esquecer que esses investimentos aconteceram”. Assistam a entrevista com o presidente-executivo da Brasscom.
Fonte: Convergência Digital | Rio Info 2017

Deixe uma resposta

WhatsApp Estamos no Whatsapp - 11 99999-5305