MCTI apoia rede de laboratórios em certificação de produtos contra a Covid-19

Com apoio institucional do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), a Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac) colocou à disposição uma rede de laboratórios especializados para acelerar a produção e validação de equipamentos em combate à Covid-19, como ventiladores pulmonares, respiradores e máscaras. A ideia é dar suporte a empresas e institutos que desenvolvem esses projetos por meio de orientações, registros e certificações.

A rede de laboratórios associados à entidade oferece a preços reduzidos ou sem custo serviços como ensaios para o desenvolvimento de produtos para saúde e certificação quanto às normas de segurança e compatibilidade eletromagnética; qualificação das manutenções de ventiladores pulmonares e calibrações; apoio ao desenvolvimento de máscaras e outros equipamentos de proteção individual; ensaios rápidos e atendimento a protocolos de reuso.

Segundo José Eduardo Bertuzzo, executivo de tecnologia do Instituto Eldorado e conselheiro da Abrac, a infraestrutura de pesquisa e desenvolvimento instalada no país tem grande contribuição da Lei de Informática. Graças a esses investimentos, o país tem instituições de referência internacional, capazes de produzir, avaliar e validar os projetos localmente.

“A Lei de Informática propiciou a gente ter laboratórios acreditados que permitem, além do desenvolvimento do projeto, a certificação local, o que nos dá flexibilidade. Nesse momento de crise, muitos países hoje estão brigando por componentes para produzir localmente os respiradores ou importar. O Brasil é um dos poucos, que, por ter domínio da tecnologia, proporcionada por esse ambiente, é capaz de mudar o projeto, testar, validar, tudo localmente, sem depender de nada de fora”, afirma.

As entidades interessadas nos serviços devem procurar a Abrac pelo e-mail abrac@abrac-ac.org.br.

Fonte: MCTI

WhatsApp Estamos no Whatsapp - 11 99999-5305